Otoplastia

Otoplastia

BELEZA PARA A VIDA

Melhorando a sua aparência com a cirurgia da orelha

Se orelhas salientes ou desfiguradas incomodam você ou seu filho, pode-se considerar a cirurgia plástica. Cirurgia da orelha – também conhecida como otoplastia – pode melhorar a forma, a posição ou as proporções das orelhas. A cirurgia corrige um defeito na estrutura das orelhas presente desde o nascimento, que se torna aparente com o desenvolvimento, ou trata orelhas deformadas causadas por lesão. A otoplastia cria uma forma natural, dando equilíbrio e proporção às orelhas e à face. Correção de deformidades menores pode beneficiar a aparência e a autoestima.

A OTOPLASTIA TRATA ESPECIFICAMENTE

• Orelhas muito grandes – uma condição rara chamada macrotia,
• Orelhas salientes que ocorrem em um ou ambos os lados em diferentes graus – não associados à perda auditiva,
• Insatisfação do adulto com a cirurgia prévia da orelha.

O QUE ESPERAR DA CONSULTA

O sucesso e a segurança do procedimento dependem muito de sua sinceridade durante a sua consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

O CIRURGIÃO TAMBÉM PODERÁ

• Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco,
• Tirar fotos para seu prontuário médico,
• Discutir as suas opções e recomendar um tratamento,
• Discutir prováveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

RISCOS E INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA

A decisão de se submeter à otoplastia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. O cirurgião plástico e/ou assistentes irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações.

ONDE A CIRURGIA SERÁ REALIZADA?

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

Após a cirurgia, bandagens ou curativos serão aplicados sobre o local cirúrgico para mantê-lo limpo, protegê-lo de trauma e para sustentar a nova posição da orelha durante a cicatrização inicial.

RECUPERAÇÃO

É normal haver desconforto logo após a cirurgia, sendo o mesmo controlado com medicação para dor. Pode haver sensação de coceira sob as ataduras. É importante que as mesmas permaneçam intactas e não sejam removidas de modo algum. Se esta recomendação não for seguida, pode resultar na perda de parte da correção, sendo necessária nova cirurgia.

 

Fonte- Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *